30 de julho de 2018

E Viveram Felizes Para Sempre - Julia Quinn - [Os Bridgertons 9]


Alguns finais são apenas o começo...

Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos...

Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.

Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?

A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.
Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.

Comentário:
30/07/2018


Livro com segundos epílogos para cada um dos Bridgertons, porém desnecessário na minha opinião.
Os epílogos não acrescentaram nada de excepcional aos livros que foram finalizados de forma satisfatória para mim.
No entanto algumas exceções: O epílogo da Francesca foi o que mais me emocionou. Essa pequena continuação realmente fez diferença na estória do casal.
O que se refere ao casal Lucy e Gregory me deixou bem tensa, confesso. 
E por fim o conto da Violet que eu tanto esperava, valeu a pena. Finalmente ficamos sabendo como ele conheceu Edmund e como eles se apaixonaram... adorei!


P.S.: Acho que a irmã de Edmund é a protagonista de Uma Dama Fora dos Padrões, da série Os Rokesbys.

Nota: 3,5 ★


Nenhum comentário:

Postar um comentário