31 de julho de 2014

Uma Longa Jornada - Nicholas Sparks

Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele. Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra diversos momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial e seus efeitos sobre eles e suas famílias.
Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga a um rodeio. Lá, é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição.
Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família. Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder.
Ira e Ruth. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.

RESENHA:
09/07/2014

"... Se nós não tivéssemos nos conhecido, acho que eu teria compreendido que minha vida não estava completa. E teria perambulado pelo mundo à sua procura, mesmo se não soubesse o que estava buscando."

Esse livro me provocou diversos sentimentos.
Conta duas estórias ao mesmo tempo, de Ira um senhor já de idade bem avançada e viúvo e de Sophia e Luke, um casal jovem que acaba de se conhecer.
Começa contando o acidente de carro do Ira, li um pouco e parei, não me prendeu. 
Ele fica preso dentro do carro e vê sua esposa morta há 9 anos. Ela 'conversa' com ele para mantê-lo vivo e faz com que ele lembre da estória dos dois, desde o começo.
Voltei a ler e me prendi mais na estória do casal. Luke (um peão de rodeios) interfere numa discussão de Sophia com seu ex-namorado. A partir daí eles começam uma amizade que não demora muito, vira romance.
O problema desse livro é que tem muita, mas muita narrativa. Isso deixou a estória muito cansativa.
Muitos detalhes que achei desnecessário tbém, digo, se faltasse aquilo não faria falta no final. 
Vez ou outra, um acontecimento me empolgava mas logo em seguida caía na narrativa. 
O final do livro foi muito bonito. Como o autor amarrou a estória, valeu o resto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário