F

4 de fevereiro de 2017

O Conde Enfeitiçado - Julia Quinn - Os Bridgertons 6


Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.
Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.
Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.
No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.
RESENHA:
04/02/2017

"E ele, que dormira com tantas mulheres, subitamente se deu conta de que nada fora até então além de um menino imaturo. Porque nunca tinha sido daquela maneira. Antes tinha sido o seu corpo. Aquilo era a sua alma."

Não tem como não se apaixonar pelos Bridgertons, pela escrita da Julia Quinn.
Eu amei esse livro e é um dos meus favoritos da série pelo seu diferencial: Aqui o protagonista é completamente apaixonado pela mocinha desde o primeiro dia em que colocou os olhos nela, mas infelizmente ela irá se casar com seu primo.

Francesca, que a gente conhece apenas como a filha viúva dos Bridgertons, se casa por amor com John Stirling, o conde de Kilmartin. Assim como seus irmãos, foi um casamento consensual, sem imposição das famílias.
Mas após 2 anos de perfeita união, ela fica viúva. Completamente sem chão, a única pessoa em que ela quer se apoiar é Michael, o primo do marido com quem ela tem muita amizade. Porém ela nem sonha que ele sempre foi apaixonado por ela e agora que John morreu, Michael fica desnorteado e decide ir embora.
Os três sempre viveram em harmonia e se entendiam perfeitamente, por isso Francesca não consegue entender esse afastamento do amigo.


Anos depois ele volta e teme o reencontro com o amor da sua vida.
Sempre com medo que ela perceba seus sentimentos, ele sempre evidencia sua fama de libertino. Acontece que ele não é assim tão devasso como tentar mostrar, mas Frannie sequer percebe isso.
Agora, já recuperada da morte de John ela quer muito ter um bebê. Pra isso precisa arrumar um novo marido e decide frequentar a sociedade novamente.
Michael, que também passou da hora de se casar, tem que lidar com futuros pretendentes cercando Francesca e não vai conseguir disfarçar seu ciúme.
Por vários motivos, um não cogita se casar com o outro, mas o destino vai se encarregar de unir os dois de alguma maneira.

O livro é lindo, me apaixonei pela estória. Me encantei com o amor dele sofrido em segredo e fiquei muito ansiosa pelo momento em que ele não suportaria mais e se declarasse.
A autora foi muito delicada em escrever a estória dos dois, sem passar aquele sentimento de traição e desrespeito à memória do John.
Michael é o mocinho perfeito e Francesca demorou muito pra perceber, tadinho! Nunca vi um mocinho sofrer tanto por amor....
Eu ousaria dizer que esse livro é mais sobre a estória de Michael do que sobre os Bridgertons.
Mais um para os favoritos ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário