29 de outubro de 2014

A Testemunha Ocular do Crime - Agatha Christie

Após um dia de compras em Londres, Elspeth McGillicuddy pega um trem para o interior da Inglaterra, onde deve se encontrar com a amiga Jane Marple. Instalada na primeira classe, ela observa a paisagem, até que outro trem passa no mesmo sentido e, por um instante, as janelas dos vagões se alinham. Ela vislumbra a imagem de um homem estrangulando uma mulher. Na estação, ninguém acredita em Elspeth, e nenhum cadáver é encontrado. Mas Miss Marple não se dissuade fácil.
Para investigar esse mistério, ela contará com o auxílio do seu sobrinho-neto David e de Lucy Eyelesbarrow, uma carismática personagem que faz neste romance sua única e marcante aparição.

RESENHA:
29/10/2014

Esse livro é muito bom, mas Miss Marple aparece muito pouco nele. Aparece no começo, umas duas vezes na metade e depois só no final. Fiquei 'carente' dela, assim como em "Um corpo na biblioteca".
O que posso dizer além do resumo é que gostei muito da estória, do desenrolar dela, sem cair no marasmo. 
Agatha mais uma vez destaca os dramas familiares, rancores e ganância por herança.
Dessa vez Miss Marple coloca uma amiga, a srta. Lucy Eyelesbarrow, dentro da mansão dos Crackenthorpe para investigar enquanto trabalha como empregada. Lucy começa a procurar pistas que possam levar ao corpo desaparecido e levar as informações à Miss Marple.
Logo no começo já me prendi na estória, o modo como Miss Marple chega até os Crackenthorpe é genial!
Recomendo :-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário